De onde vem a inspiração do Fun Museu

Em diferentes cidades turísticas mundiais, são comuns os museus de selfies. Esse desejo atual das pessoas em abastecer suas redes sociais faz com que empreendimentos deste tipo despontem pelo mundo. Mas, de onde vem a inspiração do Fun Museu? Ela vem de diferentes viagens feitas pelo empreendedor.

Além dos museus de selfies, como o de Barcelona, na Espanha, e o de Viena, na Áustria, há outros museus que tratam do quesito diversão. É o caso do Museu do Sorvete de Nova York, nos Estados Unidos, e o Museu Mais Doce do Mundo, este uma mostra itinerante que começou por Lisboa (Portugal) e passou pelo Brasil nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro.

Além disso, museus tradicionais com seus acervos já perceberam a importância deste novo conceito da museologia em conectar as pessoas com suas redes sociais e estimular a presença e visitação por conta destes elementos. O visitante deixou de fazer aquele passeio passivo para ser ativo diante dos cenários apresentados.

Estimular a interação e a criatividade são importantes elementos para alavancar tanto a presença de público como para estimular a criatividade, a diversão e a cultura.

“De onde vem a inspiração do Fun Museu?”

De uma maneira geral, viajar é algo que torna o olhar diferenciado. E pode ser para a cidade vizinha. Ver o novo é acostumar a visão a esta percepção e com o tempo a mente criativa vai perceber ainda como adaptar essas novidades para outras realidades.

Quando decidiu montar o Fun Museu, o empreendedor já tinha muita referência para montar os espaços. Ainda assim, fez mais uma viagem para buscar elementos mais frescos no dia a dia. E o que tornou referência nem foi o que viu nos museus, mas o que apreciou nas ruas, nos metrôs, em visitas a lugares aleatórios.

E este é o objetivo do Fun Museu. Estabelecer além da diversão e produção de conteúdo para as redes sociais, a percepção da importância de olhar o novo e aprender. Trazer a novidade como elemento de aprendizado e transformação. Quem tem o olhar criativo e a mente aberta, consegue fazer o elo e incorporar de maneira criativa no seu dia a dia.


Dos metrôs de Madri vieram a inspiração para o disco voador que faz parte do cenário do Fun Museu. Como já sabia deste espaço com mezanino, a ideia era aproveitar para poder criar um cenário que pudesse ser visto tanto de cima quanto de baixo. Já deu para perceber que há inúmeras possibilidades de fotos por aqui.


Uma piscina de bolinhas era cenário garantido, mas como fazer algo que fosse diferente? A cozinha desta agência de publicidade em Guimarães, no Norte de Portugal, serviu de referência. O cenário é um dos mais divertidos do Fun Museu, atraindo adultos e crianças. Com 8 mil bolinhas, serve para fotos e vídeos engraçados e já se tornou uma referência do Fun Museu.



De onde vem a inspiração do Fun Museu? Vem também de elementos turísticos, como esta moldura que está em diferentes pontos da Cidade do Cabo, na África do Sul. Ela serve de elemento gráfico para as fotos que têm como fundo a Table Mountain, um dos cartões postais. No Fun Museu, serviu para criar uma interação no cenário Skyline, que traz uma Balneário Camboriú diferenciada, lúdica. Além da foto da cidade, elementos desenhados apontam para um futuro e apresentam os itens que são costumeiramente vistos pela cidade e servem de referência.

31 visualizações

Rua Gaturamo: 63, Bairro Ariribá - WhatsApp: (47) 9 8860-4932

© 2020 por Fun Museu. Balneário Camboriú (SC).

  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • TripAdvisor - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Fun Museu Ltda – CNPJ: 36.223.876/0001-44

Venda de ingressos on-line, com validade de 6 meses.